Revolucionária Ducati Multistrada V4 ganha mais opções de escape

Apesar de ter deixado tradições de lado, big trail da marca tem mais performance, o que combina com as ofertas da Akrapovic
Ducati Multistrada com escapamento Akrapovic

Ducati Multistrada com escapamento Akrapovic | Imagem: Divulação

Apresentada no início de novembro, a Ducati Multistrada V4 deixou algumas tradições de lado para revolucionar. Ao dispensar o comando de válvulas desmodrômico, a big trail italiana consegue oferecer intervalos de regulagem de válvulas de 60.000 km, enquanto as trocas de óleo são feitas a cada 15.000 km. Nada disso era possível com o tradicional sistema da Ducati.

E nessa virada a Multistrada V4 não perdeu nada em performance, pelo contrário. Com quatro cilindros em V e 1.103 cm³ de capacidade, seu propulsor é capaz de entregar 170 cv de potência a 10.500 rpm e 12,7 kgfm de torque a 8.750 rpm. Para acompanhar a performance, a Ducati passou a oferecer mais duas opções de saídas de escape para a moto.

Ambas são fornecidas pela Akrapovic. O modelo mais básico é de liga de titânio com ponteira de fibra de carbono, para quem quiser apenas dar uma incrementada no ronco da Multistrada V4. Aos que quiserem ir além, a segunda opção é de corrida, com componentes de aço inoxidável, titânio e fibra de carbono. Ele é 5 kg mais leve que o abafador original e dá um incremento de 4 cv de potência e 0,6 kgfm de torque.

Além do novo motor, a Ducati Multistrada V4 deverá contar ainda com um elevado nível de tecnologia embarcada. Opcionalmente, a moto pode contar com dois radares, um na dianteira e outro na traseira. Eles possibilitam o uso de itens como o controle de cruzeiro adaptativo e o detector de ponto cego. A big trail também pode ser equipada com suspensão adaptativa.

Ducati Multistrada V4 com escapamento Akrapovic
Escapamento Akrapovic é mais leve e gera mais potência
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!