Royal Enfield Bullet 500 ganha ABS de série na linha 2020

Modelo também passa a contar com disco de freio na roda traseira
Royal Enfield Bullet 2020

| Imagem: Divulgação

A Royal Enfield anunciou mudanças importantes para a Bullet 500 na linha 2020. Agora o modelo passa a contar com freio ABS de série e disco de freio na roda traseira. Tudo para atender às normas de segurança estabelecidas pelo Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN).

"A obrigatoriedade do ABS é um passo importante para salvar vidas, já que o sistema diminui e evita riscos para os motociclistas em situações de emergência.”, afirma Claudio Giusti, diretor Geral da Royal Enfield Brasil. Além disso, Giusti também confirmou que a marca está substituindo gradualmente as versões sem ABS de outro modelo, a Classic.

A Bullet 500 é a moto mais antiga do mundo ainda em produção: foi criada em 1932 pela Royal Enfield. Traz motor monocilíndrico de 500 cc, refrigerado a ar, de 27 cv e 4,2 kgfm de torque. Disponível nas cores preto com prata, verde com dourado e cinza com laranja, custa R$ 19.990.

A marca mais que dobrou suas vendas no Brasil até agosto. Com 876 emplacamentos, ela já superou com folga as vendas de 2018, quando 510 motocicletas foram comercializadas no país.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!

Tudo sobre a Royal Enfield Bullet

Royal Enfield Bullet