Lançada globalmente em 2016, finalmente um dos modelos mais aguardados da Royal Enfield chega ao Brasil.

A empresa lançou nesta terça-feira (22) a Himalayan por aqui, novidade que vai chegar ao mercado por convidativos R$ 18.990 em versão única, com ABS, e opções de cores branca (Snow) e preta (Granite). A Himalayan poderá receber alguns acessórios originais bem importantes para o uso em viagens de turismo, como as malas laterais, protetor do motor, entre outros, porém a Royal Enfield ainda não informou os valores.

Seguindo a proposta da Royal Enfield, que foca suas atividades no segmento de média cilindrada, a Himalayan conta com um motor desenvolvido especialmente para a trail, no caso o LS 410. De concepção monocilíndrica e com 411 cm³, ele entrega 24,5 cv a 6.500 rpm e 3,26 kgfm de torque a 4.000 rpm. A transmissão conta com 5 marchas e embreagem multidiscos banhada a óleo. Um grande diferencial do propulsor, destaca a Royal, é a presença do eixo balanceiro, o que proporciona um funcionamento mais suave e estável. A Royal Enfield também equipou a Himalayan com um radiador para o óleo, o que favorece a robustez mecânica do motor e permite trocas de óleo a cada 10 mil quilômetros. 

 
 
Royal Enfield Himalayan 2019
 
Royal Enfield Himalayan 2019
Royal Enfield Himalayan 2019
Royal Enfield Himalayan 2019
 
Royal Enfield Himalayan 2019
Royal Enfield Himalayan 2019
Royal Enfield Himalayan 2019
 
Royal Enfield Himalayan 2019
Royal Enfield Himalayan 2019
Royal Enfield Himalayan 2019
 
Royal Enfield Himalayan 2019
Royal Enfield Himalayan 2019
Royal Enfield Himalayan 2019
 
Royal Enfield Himalayan 2019
Royal Enfield Himalayan 2019
 
 

A Himalayan traz uma concepção típica das trail, com chassi de berço duplo, suspensão dianteira telescópica com 200 mm de curso e suspensão traseira monoamortecida com link de 180 mm de curso. A roda dianteira tem aro 21” enquanto a traseira é calçada em pneus 120/90 aro 17”.

Um ponto interessante da Himalayan é o porte. Pensada para ser mais prática e “menos intimidadora” do que as trail de alta cilindrada, a Himalayan é uma pedida tão interessante para o uso diário como nas viagens de fim de semana ou deslocamentos mais longos. A moto terá um tanque de 15 litros e consumo médio na casa de 28 km/l, o que lhe garante bons 400 quilômetros de autonomia.

Para facilitar os deslocamentos fora do asfalto, a Himalayan conta com 22 cm de altura em relação ao solo e o assento posicionado a 80 cm do chão torna a moto fácil de pilotar independente da estatura do condutor.

Expansão no Brasil

A Royal Enfield aproveitou a estreia da Himalayan no Brasil para anunciar sua aguardada expansão no número de concessionárias no país.

De acordo com os executivos da marca, a previsão é encerrar 2019 com mais 10 concessionárias abertas no país contemplando cidades como Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Brasília, Curitiba e ampliando a cobertura na cidade de São Paulo, que hoje conta com a única concessionária da Royal Enfield no Brasil. 

A previsão, até mesmo pela relevância do segmento trail no Brasil, é que a Himalayan se torne a moto mais vendida da Royal Enfield por aqui, o que deverá ajudar a empresa a dobrar as vendas em nosso país só neste ano.  

César Tizo

 

César Tizo |