SP: multas passam a ser aplicadas para motos na Marginal Pinheiros

Proibição começou em maio, mas agora a multa pode ser de 4 pontos e R$ 130,16
Moto

| Imagem: Agência Brasil

A fiscalização da circulação de motocicletas na pista expressa da Marginal Pinheiros, no sentido Castello Branco, começou na última quinta-feira (20/6). Apesar de iniciar a ficalização agora, as motos estão proibidas de circular por lá desde 20 de maio, mas a prefeitura havia se comprometido a adotar um período de um mês para a adequação dos motociclistas, sem aplicação de multas.

Porém, esse período chegou ao fim e agora todos as motos que passarem por lá estão passíveis de infração, que será média, anotando quatro pontos na carteira e multa de R$ 130,16.

A fiscalização continuará a ser feita por agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), policiais militares do Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran) e por equipamentos eletrônicos de fiscalização, como radares fixos ou móveis.

A medida foi tomada para reduzir o número de acidentes e mortes de motociclistas nesse trecho da marginal, que vai da Ponte Transamérica até a Ponte Fepasa, quando se liga à Marginal Tietê, onde as motos já são proibidas de circular na pista expressa.

Isso pode fazer com que os motociclistas necessitem recalcular suas jornadas, uma vez que a única pista liberada tem velocidade máxima de 60 km/h. A expressa permite que veículos leves andem a 90 km/h.
 

Assine a newsletter semanal do AUTOO!