Suzuki apresenta nova Intruder 2020 na Índia

Modelo com visual polêmico chega ao mercado indiano com preço definido e atualizações no conjunto mecânico
Acima a Suzuki Intruder 2020 vendida na Índia

Acima a Suzuki Intruder 2020 vendida na Índia | Imagem: Divulgação

Ao contrário do Brasil, que perdeu um dos principais nomes entre as custom de baixa cilindrada, o mercado indiano permanece oferecendo a Suzuki Intruder, mas com motor de 155 cm³. No entanto, seu novo visual apresentado em 2018 não agradou nem os indianos por uma mescla não muito favorável entre estradeira e moderna.

Com a entrada em vigor de novas regras de emissões de poluentes na Índia no início deste ano, era apenas uma questão de tempo até a Suzuki apresentar uma nova Intruder 2020 repaginada para atender à legislação. Porém, a imprensa indiana se decepcionou pelo fato de a marca não ter aproveitado a oportunidade para resolver as questões visuais.

O que mudou mesmo foi a mecânica e, mesmo assim, bem pouco. A nova Suzuki Intruder 2020 indiana finalmente aposentou o arcaico carburador em favor de um sistema de injeção eletrônica de combustível. Com isso, o monocilíndrico arrefecido a ar de 155 cm³ da pequena estradeira, que tem comando simples de válvulas no cabeçote, passa a entregar 13,6 cv de potência e 1,38 kgfm de torque.

Outra coisa que mudou foi o preço. Antes da alteração, a moto custava 120.000 rúpias (R$ 8,5 mil). Após a adoção do novo equipamento, o preço foi para 122.141 rúpias (R$ 8,65 mil) após aumento de 2.141 rúpias (R$ 151). Entre os principais itens de série, a nova Suzuki Intruder 2020 permanece oferecendo luz diurna de LED, lanterna com lâmpada de LED, painel de instrumentos digital e escape com ponteira dupla.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!

Tudo sobre a Suzuki Intruder 125

Suzuki Intruder 125