Suzuki renova a V-Strom 650 para 2021

Aventureira da marca japonesa se adequa às regras mais rígidas de emissões de poluentes e ganha mais opções de cores
Suzuki V-Strom 650 2021

Suzuki V-Strom 650 2021 | Imagem: Divulgação

Com a entrada em vigor das normas Euro 5 na Europa chegando, as montadoras estão se adiantando e apresentando as versões revistas de suas motos e aproveitando para mudar também o ano modelo. Foi o que a Suzuki fez ao revelear a linha 2021 da aventureira V-Strom 650 XT por lá e também no mercado dos EUA. 

Ela passa a contar com motor homologado para as regras de emissões, além de ganhar novas cores e grafismos. No mercado norte-americano, serão duas versões disponíveis: XT e XT Adventure, custando respectivamente US$ 9.349 (R$ 48,2 mil) e US$ 10.499 (R$ 54,1 mil). A Suzuki preservou o motor da V-Strom anterior, um bicilíndrico em V de 645 cm³. Mesmo com as mudanças, ele segue entregando 72 cv a 8.000 rpm, enquanto o torque chega a 6,3 kgfm a 6.500 rpm.

Para conseguir se adequar às regras mais restritas do Euro 5, os engenheiros da Suzuki aplicaram um tratamento cerâmico nos cilindros e nos pistões, reduzindo o atrito interno e as perdas mecânicas, além de aumentar a durabilidade do motor e a transferência de calor, gerando maior economia de combustível e emissões menores.

Tanto a V-Strom 650 XT quanto a versão XT Adventure saem de fábrica equipadas com ABS, controle de tração ajustável em dois níveis e que pode ser desativado, Suzuki Easy Start (requer apenas um toque para a partida do motor), assistente de partida em rampa, tomada 12 V e painel misto, com conta-giros analógico e display digital. A XT acrescenta ainda os maleiros laterais, cores exclusivas e protetores de motor.

Suzuki V-Strom 650 2021
Suzuki V-Strom 650 XT 2021. A XT Adventure traz maleiros nas laterais
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!

Tudo sobre a Suzuki V-Strom 650

Suzuki V-Strom 650