Equipada com motor monocilíndrico de 278 cm3 e potência máxima de 27 cv a 7.900 rpm e torque de 2,65 Kgfm a 6.500 rpm, a Dafra Next 300 oferece uma tocada firme e competente, mas sem ser agressiva, o que facilita muito a pilotagem. Até os 5.000 rpm o motor não apresenta muita vibração, mas logo acima disso já é possível sentirmos um certo incômodo com uma vibração que se inicia na pedaleira e vai intensificando na medida em que as rotações aumentam. Não é nada que possa incomodar, mas é uma vibração que se faz sentir.

A suspensão traseira é do tipo braço oscilante monoamortecida de 110 mm de curso e dianteira a dianteira adota formato telescópico com 125 mm de curso. Somando isso à distância entre-eixos de 1.335 mm e à altura em relação ao solo de 170 mm, temos aqui um conjunto que deixa a moto muito estável tanto nas curvas de baixa ou alta velocidade. Você vai andar sem susto pilotando a Next 300. Um detalhe fica para a altura das pedaleiras, que poderia ser revista, pois às vezes as pontas dos pés podem tocar o solo, dependendo do seu jeito de pilotar. A Next 300 oferece um posicionamento clássico ao piloto e você vai sentir-se confortável e curtir tanto no uso urbano como em viagens, inclusive com garupa. Em pisos irregulares, a moto permanece firme e estável, sem grandes problemas e solavancos.

A ciclística, como já mencionamos, é de uma moto clássica, com posicionamento confortável e prazeroso. O banco do piloto tem bastante espaço e o traseiro é bipartido, o que impede que o garupa avance sobre o piloto em caso de frenagem mais intensa. As pernas envolvem e se encaixam bem no tanque com capacidade para 13 litros, que confere à Dafra 300 autonomia na casa dos 500 km, pois conseguimos registrar um consumo médio na casa de 40 km/litro em nosso período de testes, o que surpreendeu bastante nossa expectativa para a moto de média cilindrada.

O painel é bem completo e de bom gosto. O tom azul é predominante e o cluster traz conta-giros analógico convencional, o que ainda agrada uma boa parcela dos consumidores. As informações no restante do painel são de fácil visualização e também encontramos nele marcador de marcha, nível de combustível e até voltagem da bateria, o que é pouco comum na maioria das motos.

Os freios contam com sistema de atuação combinada FH-CBS (Full Hidraulic Combined System), mas devem o ABS. A frenagem mostrou-se eficiente pelo que a moto entrega, sendo que o sistema é composto por disco único de 278 mm na dianteira e, na traseira, disco de 220 mm. As rodas de liga leve vêm calçadas em pneus 110/70-17 na dianteira e 130/70- 17 na traseira.

O design merece elogios, conferindo bom porte para a Next 300, com um visual moderno e atual que rendeu comentários positivos. Ela é oferecida em duas cores Preta e Vermelha e o preço sugerido é R$ 15.590. No site da marca ela é oferecida com um bônus de fabrica, o que resulta em um valor final de R$ 14.440 com frete grátis para o modelo 19/19 enquanto durar o estoque.

Competindo com a Yamaha Fazer e a Honda Twister, ambas na categoria de 250 cc, a Dafra Next 300 pode ser considerada uma forte concorrente.

Banco do garupa - nota 8,5
“Confortável e com boa sensação de segurança, as pernas ficam levemente flexionadas, mas nada que incomode ou canse. Gostei tanto para saídas curtas como para viagem, mas, na estrada, algumas paradas são necessárias”. Opinião de Alessandra B. Lazzari

 
 
Dafra Next 300 2019
 
Dafra Next 300 2019
Dafra Next 300 2019
Dafra Next 300 2019
 
Dafra Next 300 2019
Dafra Next 300 2019
Dafra Next 300 2019
 
Dafra Next 300 2019
Dafra Next 300 2019
 
 

Ficha Técnica 

Motor: Monocilíndrico, 4 tempos, SOHC, refrigeração líquida, injeção eletrônica, 4 válvulas, com balacins
Cilindrada: 278 cm³
Potência Máxima: 27 cv a 7.900 rpm
Torque máximo: 2,65 kgfm a 6.500 rpm
Transmissão: 6 marchas
Altura: 1.050 mm
Largura: 790 mm
Comprimento: 2.005 mm
Distância entre eixos: 1.335 mm
Altura mínima do solo: 170 mm
Altura do banco: 790 mm
Peso seco: 165 kg
Suspensão dianteira: Telescópica - 125 mm
Suspensão traseira: Braço oscilante, monoamortecida - 110 mm
Freio dianteiro: Disco, 287 mm
Freio traseiro: Disco, 220 mm
Rodas: Liga leve, aro 17"
Pneu dianteiro: 110/70 - 17 sem câmara
Pneu traseiro: 130/70 - 17 sem câmara
Sistema de partida: Elétrica
Capacidade do tanque de combustível: 13 L
Cores: Vermelha e preta
Chassi: Diamond
Freios: FH-CBS (Full Hidraulic Combined System) com caliper dianteiro Radial
Lanterna: LED

Experiente motocicista há mais de 30 anos, José Luiz é um designer amante das duas rodas e colabora com suas avaliações no Motoo

José Luiz Lazzari | http://www.jlldesign.com.br/

Veja mais notícias da marca