Logo ao apertar o botão de partida, o motor monocilíndrico de 373 cm3 e 44 cv de da KTM 390 Duke liga de uma forma vigorosa e já dá uma boa mostra do que podemos esperar ao pilotar esta naked.

Num primeiro contato assim que você assume o controle da 390 Duke, ela já transparece um estilo de pilotagem divertido e emocionante. Ao colocar o piloto em uma posição deslocado para a frente da moto, a KTM 390 Duke entrega um excelente centro de gravidade e fácil domínio da moto.

Os joelhos se encaixam junto a lateral do tanque oferecendo uma boa sensação de segurança, o que naturalmente convida a uma pilotagem mais agressiva. O motor está sempre pronto para isto, respondendo rapidamente às solicitações do piloto. As acelerações e retomadas de velocidade são precisas e fortes.

O espirito de pilotar uma moto “Ready to Race” (ou pronta para a corrida, em uma tradução livre) como deixa claro o lema da KTM, é um traço de comportamento que aparece em vários itens da 390 Duke. Destaque para o acelerador eletrônico ride by wire, que é acionado através de sinais elétricos, eliminando o cabo de aço, garantindo mais rapidez no desempenho e respostas precisas.

O novo sistema de suspensão, WP Split Fork, patente da marca, está muito macio, e para o uso urbano garante conforto, principalmente nos pisos irregulares e vias esburacadas. Você pode pilotar sem medo do que vai aparecer à frente. Os bancos são independentes e grandes, com espuma macia.

Na traseira, o mono amortecedor fica fixado diretamente à balança com ajuste na pré-carga, na frente o garfo invertido com tubos de maior diâmetro deixa a Duke com aparência de moto de maior cilindrada e confere um aspecto imponente para a naked de média cilindrada.

O painel digital é dotado de uma tela de 5,2 polegadas e tem uma aparência bem diferenciada. Com conexão para smartphones por meio do aplicativo “KTM my Ride”, com o conjunto pareado é possível acompanhar pelo painel da moto quem ligando e controlar as funções de áudio, que são reunidas no punho esquerdo. A leitura é fácil e a iluminação varia de acordo com a intensidade da luz.

Os freios são eficientes, principalmente o dianteiro, com um disco de 320 mm, o qual tem um efeito praticamente instantâneo quando acionado, o que garante a segurança após acelerações mais fortes. O freio traseiro conta com disco simples de 230 mm e o ABS pode ser desligado quando for preciso.

A Duke 390 ABS é oferecida em duas opções de cores, branca ou laranja, sendo que em ambas ela torna-se uma moto bem chamativa. O preço sugerido é R$ 24.990, um pouco acima da concorrência. A Duke 390 tem um conjunto bastante eficiente, que proporciona pilotagem emocionante e divertida. A exclusividade fica por conta da cor laranja, que é destaque garantido.

 
 
KTM 390 Duke 2017
 
KTM 390 Duke 2017
KTM 390 Duke 2017
KTM 390 Duke 2017
 
KTM 390 Duke 2017
KTM 390 Duke 2017
KTM 390 Duke 2017
 
KTM 390 Duke 2017
KTM 390 Duke 2017
KTM 390 Duke 2017
 
KTM 390 Duke 2017
KTM 390 Duke 2017
KTM 390 Duke 2017
 
KTM 390 Duke 2017
KTM 390 Duke 2017
KTM 390 Duke 2017
 
KTM 390 Duke 2017
KTM 390 Duke 2017
KTM 390 Duke 2018
 
KTM 390 Duke 2018
KTM 390 Duke 2018
KTM 390 Duke 2018
 
KTM 390 Duke 2018
KTM 390 Duke 2018
KTM 390 Duke 2018
 
KTM 390 Duke 2018
KTM 390 Duke 2018
KTM 390 Duke 2018
 
KTM 390 Duke 2018
KTM 390 Duke 2018
 
 

Banco do garupa: nota 8

“Gostei, é macio e relativamente espaçoso, as pernas ficam mais flexionadas, o que obriga algumas esticas, mas para categoria agradou”, opinião de Alessandra B. Lazzari.

Ficha técnica:

Motor: monocilíndrico, DOHC, 4V, refrigerado a líquido
Capacidade cúbica: 373,2 cm³
Potência máxima: 44 cv a 9.000 rpm
Torque máximo: 3,77 kgf.m a 7.000 rpm
Câmbio: Seis marchas com embreagem deslizante
Transmissão final: corrente
Alimentação: Injeção eletrônica
Partida: Elétrica
Quadro: Treliça de aço
Suspensão dianteira: Garfo invertido WP com tubos de 43 mm de diâmetro
Suspensão traseira: Monoamortecida
Freio dianteiro c/ ABS: Disco simples de 320 mm de diâmetro, pinça radial ByBre com quatro pistões
Freio traseiro c/ ABS: Disco simples de 230 mm de diâmetro, pinça flutuante ByBre de um pistão
Rodas e pneus: 110/70 ZR17 (dianteira) e 150/60 ZR17 (traseira)
Altura do assento: 830 mm
Distância entre-eixos: 1.357 mm
Peso: 149 kg
Tanque de combustível: 13,4 litros 

 

Experiente motocicista há mais de 30 anos, José Luiz é um designer amante das duas rodas e colabora com suas avaliações no Motoo

José Luiz Lazzari | http://www.jlldesign.com.br/

Veja mais notícias da marca