Tradicional marca Jawa pode estar trabalhando em motos elétricas

Rival indiana da Royal Enfield é controlada pela Mahindra. Imprensa daquele país especula mudança de rumo
Jawa

Jawa | Imagem: Divulgação

A Jawa, tradicional fabricante de motos, foi revivida no fim de 2018, quando a gigante industrial indiana Mahindra assumiu o controle da marca. Desde então, a empresa renovada apresentou três modelos: Jawa, Jawa 42 e Perak. Aparentemente, os próximos passos da empresa que disputa o público com a conterrânea Royal Enfield são ousados.

Segundo a imprensa indiana, a próxima moto da Jawa será elétrica. O site Financial Express cita fontes ligadas à empresa para afirmar que a fabricante utilizará os modelos Jawa e Jawa 42 como base em termos de design e que o trabalho de desenvolvimento do motor elétrico é feito em parceria com empresas terceirizadas.

Tais fontes disseram ainda que o novo propulsor elétrico da Jawa deverá entregar potência equivalente à de um motor a combustão de 650 cm³. A orientação dada aos desenvolvedores foi de que o motor elétrico da futura novidade da Jawa tenha um comportamento semelhante ao de um motor a combustão, com picos de potência e torque e uma curva de entrega menos linear que a de um propulsor elétrico, simulando o crescimento de rotações de um motor tradicional.

As estimativas da imprensa indiana dão conta de que a autonomia dessa nova Jawa elétrica pode variar entre 200 km e 250 km com uma carga. Ainda não há nenhuma data para o lançamento dessa novidade e nem a marca, nem a Mahindra, confirmam o desenvolvimento de um novo modelo elétrico. Mas tal apresentação pode ocorrer entre o final de 2021 e o início de 2023, segundo fontes.

Jawa Forty Two
Jawa Forty Two
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!