XSR125: a Yamaha apresenta sua nova moto 'retrô moderna'

Nova integrante da família Sport Heritage, que já conta com XSR900 e a XSR700, modelo utiliza a mesma base da esportiva RS125 e da naked MT-125
Yamaha XSR125 2021

Yamaha XSR125 2021 | Imagem: Divulgação

O passado e o futuro num mesmo ângulo de imagem? Parece coisa de cinema, mas é um resumo da linha Sport Heritage, da Yamaha. A fabricante japonesa soube como ninguém unir elementos clássicos com itens modernos para criar motocicletas extremamente agradáveis ao olhar.

Agora, a família ganha mais uma integrante, a XSR125, a ‘Father Sons’ caçula do portfólio, como a marca se refere ao modelo. Embora apareça ao lado da tricilíndrica XSR900 e da bicilindrica XSR700, a nova moto é mesmo uma releitura dos modelos RS125 e MT-125, dos quais aproveita vários componentes.

Curiosamente, a motocicleta não é exatamente inédita já que a Yamaha lançou um modelo bastante semelhante nas Filipinas no ano passado, a XSR155.

Veja galeria de imagens da Yamaha XSR125

O motor monocilíndrico de 4 tempos e 15 cv de potência e que utiliza o acionamento de variável de válvulas (VVA), o chassi de aço e a altura do assento de 810 mm são alguns itens que vieram das suas colegas de 125cc. Mas a XSR125 é um primor estético, com seu tanque arrendondado, faról circular e assento reto que remetem ao passado.

Ao mesmo tempo estão lá vários detalhes modernos como luzes de LED e painel com tela circular digital. A XSR se beneficia do eficiente motor que atende a legislação Euro 5 e oferece bom torque em baixas rotações ao mesmo tempo em que promete uma pilotagem fácil, reforçada pela suspensão com garfos dianteiros invertidos de 37 mm.

Yamaha XSR125 2021
Yamaha XSR125 2021
Imagem: Divulgação

A XSR125 possui entreeixos de 1.330 m, 5 mm menor que o da MT-125, e freios a disco com ABS de canal duplo. Apesar do estilo inconfundível, a Yamaha ainda disponibiliza dois pacotes de acessórios, o Kit Race que consiste de placa com a numeração frontal da tampa do farol e placas de matrícula laterais, e o Kit Urban, que apresenta um defletor de vento, tampa lateral do motor em alumínio e tampa lateral do radiador.

Prevista para ser lançada na Europa em junho, a XSR125 custará 4.450 libras no Reino Unido, um pouco mais em conta que a RS125 e a MT-125. Ou seja, uma opção bastante interessante para quem quer mais que uma moto urbana comum.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!