Yamaha registra patente de motor turbo

Propulsor foi publicado em 2017 e mostra projeto de dois cilindros com turbina
Yamaha MT-09 2014

Yamaha MT-09 2014 | Imagem: Yamaha

Há poucas motos com motores turbo no mercado. Os modelos mais emblemáticos e recentes são as Kawasaki H2 e H2SX. E foi pensando nas exigências de redução de emissões que a Yamaha registrou a patente de motores sobrealimentados. De acordo com o site bennetts.co.uk, a fabricante japonesa teve um registro publicado no Escritório de Patentes Europeu (EPO) e os primeiros modelos equipados com o propulsor devem aparecer primeiramente nos próximos salões de motocicletas.

O registro é recente, foi em 2017 na Europa, mas no Japão existem registros desse motor em 2016. Os desenhos lançados para patente são baseados na MT-09 e o motor turbo aproveita os gases de escape para acionar a turbina, que está posicionada entre a roda dianteira o motor.

O propulsor aparece com dois cilindros e isso pode indicar que um "caneco" seria eliminado do atual motor da MT-09, passando a ater apenas 585 cm³, mas podendo ganhar até 50% de potência. Ou seja, andaria mais e poluiria menos.

Todas as montadoras estão se mexendo para poder entrar em sintonia com a Euro5, que deve entrar em vigor em 2020 ou 2021 na Europa. Pelo menos os institutos reguladores estão fazendo a tecnologia evoluir e, quem sabe, os consumidores conseguem poupar algum dinheiro com essa evolução.

 
 
Yamaha MT-09 2014
 
Yamaha MT-09 2014
Yamaha MT-09 2014
Yamaha MT-09 2019
 
Yamaha MT-09 2019
Yamaha MT-09 2019
Yamaha MT-09 2019
 
Yamaha MT-09 2019
Yamaha MT-09 2019
Yamaha MT-09 2019
 
Yamaha MT-09 2019
Yamaha MT-09 2019
 
 
Assine a newsletter semanal do AUTOO!