Yamaha TMAX 560 será apresentada em maio

Estreia na Europa foi postergada pelo Covid-19. Maxiscooter já foi oferecido no Brasil, mas novidade não virá para cá
Yamaha TMAX 560 2020

Yamaha TMAX 560 2020 | Imagem: Divulgação

A Yamaha apresentou uma atualização para seu maxiscooter intermediário, o TMAX, no ano passado durante o EICMA, salão internacional de motocicletas de Milão (ITA). Com estreia inicialmente programada para entre março e abril, a data foi confirmada para o dia 5 de maio por conta da pandemia de Coronavírus. Na Europa, os preços partem de 12.499 euros (cerca de R$ 71,4 mil).

Se o nome não lhe pareceu estranho é porque o modelo já foi oferecido no Brasil entre 2014 e 2017, tendo baixos volumes de vendas. Na época, era o TMAX 530, o mesmo oferecido na Europa e que ficou em linha até o ano passado por lá. Para a linha 2020, a fabricante atualizou o motor para atender a novas regras de emissão Euro 5, daí a mudança do nome para TMAX 560.

Sem nenhuma confirmação para chegar ao Brasil, o Yamaha TMAX 560 2020 teve o motor atualizado de 535 cm³ para 562 cm³. Ainda é um propulsor de dois cilindros paralelos arrefecido a líquido dotado de transmissão automática CVT, mas sua potência subiu 3,5% e o torque cresceu em 6%. Assim, a novidade entrega agora 47,6 cv e 5,7 kgfm de torque, respectivamente.

Além do motor, outras novidades que valem destaque são os elementos da carenagem frontal, com linhas mais suavizadas para melhorar a aerodinâmica, enquanto a lanterna traseira foi repaginada e está mais destacada. A Yamaha também afirmou que a TMAX 560 teve a suspensão recalibrada para melhorar a estabilidade.

Yamaha TMAX 560 2020
Yamaha TMAX 560 2020
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!

Tudo sobre a Yamaha TMax

Yamaha TMax