A scooter aventureira Yamaha Zuma seria uma boa rival da ADV 150?

Modelo com motor de 125 cc é vendida pela marca japonesa em vários mercados inclusive os EUA, com visual off-road e um bom pacote técnico
Yamaha Zuma 125 2022

Yamaha Zuma 125 2022 | Imagem: Divulgação

A Honda está comprovando na prática que a proposta de uma scooter com ares aventureiros é uma boa sacada no mercado. Sua ADV 150 estreou no Brasil no final do ano passado e já registra bons emplacamentos mesmo tendo um preço um tanto salgado – R$ 17,5 mil em maio de 2021.

O modelo teve 1.682 unidades vendidas em abril, superando com larga margem scooters mais baratas como a própria Elite 125 da Honda. Ou seja, o nicho parece suficientemente atraente para novos competidores.

Um deles, inclusive, poderia a ser a Zuma 125 (BWS 125 em alguns países), da Yamaha. A marca japonesa produz a scooter há muito tempo, mas sua recente atualização a deixou mais interessante.

Com visual mais aventureiro que a Honda ADV, a Zuma 2022, recém lançada nos EUA faz uso de elementos mais rústicos e traz faróis circulares assimétricos que lembram vagamente motos big trail.

Embora pese um pouco menos que a ADV 150 (127 kg abastecida), a scooter da Yamaha utiliza um novo motor de 125 cc com refrigeração líquida, válvulas variáveis e que, segundo a marca, fornece torque abundante – os dados não foram revelados.

Veja galeria de imagens da Yamaha Zuma 125 2022

Estilo dos anos 80

A Zuma consegue rodar cerca de 42 km com um litro de combustível, o que permite que a scooter ofereça uma autonomia de mais de 240 km com o tanque cheio, mesmo ele comportando apenas 6 litros de gasolina.

O painel em LCD monocromático segue o estilo aventureiro, com pequenos mostradores emoldurados com peças plásticas pretas, que remetem aos anos 80, não por acaso quando a Zuma original foi lançada.

Os pneus usados nas rodas de aro 12 são Duro HF-903 Median, de perfil misto. Para suportar a carga em trechos irregulares, a Yamaha diz que a suspensão foi reforçada, embora o curso seja pequeno. A Zuma americana traz ainda freios ABS e pinça dianteira de pistão duplo e disco de 245 mm.

Yamaha Zuma 125 2022
Yamaha Zuma 125 2022
Imagem: Divulgação

A scooter tem transmissão automática e oferece bom compartimento abaixo do assento, que comporta um capacete. Ela possui entrada USB no compartimento frontal e será vendida em duas cores (preto e azul) a partir de julho nos EUA.

O preço da Zuma 125 no país é de US$ 3.699, ou cerca de R$ 19.500 numa conversão direta. Ou seja, se fosse produzida em Manaus, a scooter poderia chegar ao mercado por um valor mais em conta que a ADV 150 em tese.

Quem sabe a Yamaha já não esteja atenta ao bom desempenho da scooter aventureira da Honda e prepare sua estreia no segmento também. O que não falta é conhecimento de causa à marca.

Yamaha Zuma 125 2022
Yamaha Zuma 125 2022
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!