Agora com novos faróis DRL, Fazer 250 2022 chega R$ 800 mais cara

Moto mais vendida da Yamaha no Brasil teve algumas pequenas mudanças visuais e de posicionamento de acionares no guidão
Yamaha Fazer 250 2022

Yamaha Fazer 250 2022 | Imagem: Divulgação

No ranking de vendas de 2021, a Fazer 250 é a primeira moto a aparecer após os modelos da Honda, com um honroso 6º lugar, pouco à frente das irmãs XTZ 150 e Factor 150. Ou seja, trata-se do produto mais importante da Yamaha no Brasil e que chegou a incomodar a rival Twister no início do ano.

Logo, no entanto, a Honda abriu vantagem, deixando a Fazer quase 3 mil unidades para trás. Esse panorama pode mudar a partir de agosto quando a pequena naked da Yamaha chegará às lojas na linha 2022.

A nova Fazer 250 (que a Yamaha passou a se referir como FZ25 assim como na Índia) não teve mudanças arrebatadoras, mas algumas melhorias significativas. A principal é a adoção de farol de LED com DRL (luz diurna de rodagem), que dispensa o uso do farol baixo durante o dia.

De quebra, o novo conjunto óptico faz o trabalho tanto do facho baixo quanto do alto, melhorando a iluminação tanto em amplitude quanto homogeneidade. As lanternas também são de LED na linha 2022.

Por conta do novo sistema, a marca mudou a posição do lampejador de farol no punho esquerdo para facilitar seu manuseio. A Yamaha acrescentou ainda mudanças na carenagem frontal e nos grafismos.

A parte mecânica continua idêntica, com um motor monocilíndrico de 249,5cc e que gera 21,5 cv de potência a 8.000 rpm, quando abastecido apenas com etanol. O torque é de 2,1 kgfm a 6.500 rpm.

A Fazer 250 possui câmbio manual de cinco marchas, rodas de aro 17 polegadas e suspensão com amortecedores de 130 mm de curso na frente e amortecedor único de 120 mm na traseira.

Os freios ABS contam com discos hidráulicos de 280 mm e 220 mm, na dianteira e traseira, respectivamente. A moto pesa 149 kg e tem assento com altura de 790 mm.

Yamaha Fazer 250 2022
Yamaha Fazer 250 2022
Imagem: Divulgação

Preço mais salgado

Se a linha 2021 já era mais cara que a CB250F Twister, a nova FZ25 2022 se distanciou ainda mais da concorrente. Enquanto a Honda custa R$ 17.330 na versão ABS (há também a Twister CBS por R$ 16.110), a Fazer chegará ao mercado na segunda quinzena de agosto por R$ 18.990.

São R$ 800 a mais que a Fazer 250 2021, um valor significativo a mais para contar com essas novidades. Se isso pode atrapalhar um possível aumento nas vendas só o tempo dirá.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!

Tudo sobre a Yamaha Fazer 250

Yamaha Fazer 250