Harley registra patente de motor com supercharger

Marca pode estar se adaptando a uma realidade de motores mais eficientes, ou simplesmente buscando mais potência
Harley-Davidson registra patente de supercharger para suas motos

Harley-Davidson registra patente de supercharger para suas motos | Imagem: Divulgação

Pouco tempo depois de anunciar um extenso plano de reestruturação, novas informações a respeito dos futuros projetos da Harley-Davidson surgiram. Um deles indicou que a marca registrou uma patente para um sistema de radar para suas motos, que deve viabilizar o uso de equipamentos como controle de cruzeiro adaptativo e frenagem autônoma de emergência.

Agora, mais um registro de patente foi flagrado pela mídia internacional e, dessa vez, não tem nada relacionado com comodidade ou segurança. Tratam-se de patentes para um sistema de compressor de ar mecânico para sobrealimentar as motos da Harley-Davidson. Atualmente, a tática é utilizada apenas pela Kawasaki H2 entre as motos de produção.

Saiba mais: veja os detalhes do plano que irá reerguer a Harley-Davidson

Harley-Davidson registra patente de supercharger para suas motos
Detalhes do supercharger registrado pela Harley-Davidson
Imagem: Reprodução

De um lado, o compressor - também conhecido como supercharger - ajuda a melhorar a eficiência energética do propulsor, literalmente empurrando mais para os cilindros. Por outro, essa tática também gera números maiores de potência e torque. Pelo visto nas patentes, a marca pretende acionar o supercharger por meio de uma correia ligada à parte posterior do motor em V da Harley-Davidson.

Ao que tudo indica, a marca de Milwaukee poderia iniciar a produção de seus motores V-Twin sobrealimentados em um futuro próximo. Pelos desenhos registrados a tecnologia poderia ser utilizada nos propulsores mais modernos e torcudos da empresa, chamados de Milwaukee-Eight, que equipam as linhas Touring (que ilustra a patente) e Softail.

Harley-Davidson registra patente de supercharger para suas motos
Equipamento seria acionado por uma correia ligada ao motor
Imagem: Reprodução
Assine a newsletter semanal do AUTOO!