Kymco terá nova moto elétrica feita na Itália

Modelo será a RevoNEX, apresentada no Salão de Motos de Milão. Ela combina motor elétrico e câmbio mecânico de 6 marchas
Kymco RevoNEX conceito

Kymco RevoNEX conceito | Imagem: Divulgação

A Kymco é uma marca taiwanesa que ficou conhecida no Brasil por seus scooters. A JTZ, empresa brasileira responsável pela comercialização das motos por aqui, focou na importação de modelos como Agility 200, Downtown 300, People GTi 300 e, recentemente, lançou no Brasil o maxi-scooter AK 550i. A novidade tem foco em um segmento mais premium e custa a partir de R$ 61.900.

No entanto, a Kymco é uma marca de motocicletas global como qualquer outra e oferece ainda modelos convencionais. E, obviamente, também está de olho no crescimento das motos elétricas. No Salão de Milão (EICMA) do ano passado, a empresa revelou a RevoNEX, modelo alimentado por baterias que, apesar de ter sido apresentada como conceito, já mostrava sinais de que estava próxima do produto final.

Agora, a direção da Kymco emitiu um comunicado onde não somente confirmou que a RevoNEX realmente será produzida, como também revelou que a nova moto elétrica da empresa será fabricada na Itália. Será a primeira vez que a companhia taiwanesa terá uma linha de montagem completa na Europa.

Um dos destaques da Kymco RevoNEX mostrada no EICMA é que, apesar do propulsor elétrico, a moto lançava mão de uma transmissão mecânica de seis velocidades, como uma esportiva convencional, de forma a modular melhor a entrega de torque. Os dados de performance e autonomia não foram revelados ainda, mas a marca informou que a novidade cumprirá a aceleração de 0 a 100 km/h em 3,9 segundos e 0 a 200 km/h em 8,7 segundos. De acordo com a empresa, a primeira marcha chega a 80 km/h, o que possibilita o uso urbano sem trocas de marcha e sem manuseio da embreagem.

Comunicado confirmou produção da Kymco RevoNEX na Itália
Comunicado confirmou produção da Kymco RevoNEX na Itália
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!