Marca Vespa atinge valor de mais de R$ 5,5 bilhões

Pioneira scooter italiana foi analisada pela empresa Interbrand que apontou um valor de mercado de 906 milhões de euros em 2021
Vespa GTS 2022

Vespa GTS 2022 | Imagem: Divulgação

As scooters estão se proliferando pelo mundo como nunca antes, sejam as movidas a motores a combustão ou as novatas elétricas. E embora não faltem modelos com estilos futuristas ou clássicos, uma delas ainda se destaca na paisagem, a Vespa.

A icônica motocicleta, que completou 75 anos em 2021, passou por uma avaliação de mercado feita pela consultoria Interbrand que apontou que a marca ‘Vespa’ valia no ano passado nada menos que 906 milhões de euros, algo como R$ 5,54 bilhões.

Trata-se de uma constatação interessante por envolver um produto que passou por uma mudança em seu perfil. Se em sua origem era um veículo acessível e prático, hoje ela é mais uma grife, com modelos que custam a partir de R$ 25 mil no Brasil.

“A Vespa é muito mais do que uma marca de mobilidade; simboliza arte, design, tecnologia e diversão", disse Michele Colaninno, diretora de Estratégia, Produtos e Inovação do Grupo Piaggio, que é dono da marca.

VEJA TAMBÉM:

"A Vespa é um ícone de estilo: sua singularidade a torna uma das marcas mais admiradas e desejadas. Por esse motivo, devemos começar a compará-lo com outras marcas globais além da pura mobilidade. É por isso que pedimos à Interbrand para determinar e analisar o valor financeiro da marca Vespa. Esta não é uma linha de chegada, mas simplesmente um novo ponto de partida à medida que continuamos a construir o futuro da Vespa”, completou.

Segundo a Interbrand, a Vespa “uma marca única e reconhecida globalmente, graças à sua combinação perfeita de design, estilo de vida e herança italiana”.

A primeira Vespa foi idealizada como uma motoneta voltada à mobilidade individual. Para isso, a montadora repensou o conceito de motocicletas da época, incorporando características como tração direta, câmbio no guidão e um braço oscilante no lugar do garfo tradicional, além é claro, de eliminar o quadro, trocado por uma carroceria.

Desde 1946, quando entrou em produção, foram fabricadas mais de 19 milhões de Vespas.

Vespa GTS 75th 2021
Vespa GTS 75th 2021
Imagem: Divulgação