MotoGP pode simplesmente não ocorrer em 2020

Após diversas etapas canceladas, organização da competição admite o risco de que o campeonato não aconteça
Marco Bezzecchi, da equipe Red Bull KTM Tech 3, no Gran Premio Motul de la República Argentina em 2019

Marco Bezzecchi, da equipe Red Bull KTM Tech 3, no Gran Premio Motul de la República Argentina em 2019 | Imagem: Divulgação/MotoGP

A temporada 2020 da MotoGP foi severamente afetada pela expansão global do novo coronavírus. A abertura do campeonato ainda não aconteceu e diversas etapas tiveram suas datas postergadas ou simplesmente canceladas. Agora, a organização da competição admite existir o risco de que a MotoGP simplesmente não aconteça neste ano.

Em entrevista ao jornal espanhol La Razón, o CEO da Dorna, Carmelo Ezpeleta, afirmou que “é o pior dos cenários. Obviamente não podemos correr, mas espero que isso não ocorra. Não pelas corridas, mas pela humanidade”. A Dorna Sports é a empresa responsável pela organização da MotoGP desde 1991.

Segundo o executivo, ainda não se sabe quando poderá ter início o campeonato, programado anteriormente para março. Porém, dado o atual cenário, Ezpeleta prevê um possível início em maio, no circuito de Mugello (ITA). No entanto, um novo adiamento ainda não é descartado, já que o CEO da Dorna confirmou que as medidas serão tomadas corrida a corrida e que nenhuma decisão será tomada apressadamente.

Gran Premio Red Bull de España
Gran Premio Red Bull de España
Imagem: Divulgação/MotoGP

Assine a newsletter semanal do AUTOO!