Novo Honda PCX 125: confira os detalhes do scooter renovado

Modelo é um dos mais populares da Europa. Na Inglaterra, é o veículo de duas rodas mais vendido daquele país
Honda PCX 125 2021

Honda PCX 125 2021 | Imagem: Divulgação

Na última semana, a Honda apresentou sete novidades para a linha 2021 nos mercados europeus. Por lá, foram exibidas alterações para três scooters: PCX 125, SH 125i Mode e o novo SH 350i, que substituirá o nosso SH 300i. No caso do primeiro, o modelo ficou mais eficiente e equipado, trazendo itens que nem mesmo o PCX 150 brasileiro oferece.

Vale lembrar que o PCX 125 é um dos scooters mais vendidos da Europa atualmente. Na Inglaterra, é o veículo de duas rodas mais vendido daquele país. Uma das vantagens do modelo por lá é ter a possibilidade de ser guiado por qualquer motorista com habilitação para carros em alguns países. Dependendo do local, há processo de habilitação específico para scooters de baixa cilindrada, mais simples que o de motos convencionais.

Honda PCX 125 2021
Apesar do visual similar, Honda PCX 125 é bem diferente do brasileiro
Imagem: Divulgação

Apesar de o novo Honda PCX 125 não aparentar grandes mudanças no visual, sua estrutura foi extensamente reformulada. O chassi de aço é novo, assim como a balança traseira. Os amortecedores traseiros foram recalibrados e os pontos de fixação foram alterados para deixar o scooter mais confortável em pavimentos acidentados. Com 95 mm de curso, 10 mm a mais que as anteriores, as peças também contam com molas mais duras. O peso declarado para a novidade é de 130 kg. Ainda pensando em comodidade, as rodas de 14 polegadas foram substituídas por peças de 13 polegadas e pneus com perfil mais alto.

Honda PCX 125 2021
Chassi e suspensão foram renovados. PCX 125 já traz controle de tração
Imagem: Divulgação

Porém, é na mecânica e na tecnologia embarcada que o novo PCX 125 europeu realmente se distancia do nacional 150. O pequeno monocilíndrico de 125 cm³ tem arrefecimento a líquido, comando simples no cabeçote e start/stop para auxiliar na economia de combustível, assim como o PCX brasileiro. No entanto, ele passou a adotar componentes internos de menor atrito, gerando assim 12,4 cv de potência, contra 13,2 cv do motor 150 feito no Brasil.

Enquanto a versão de entrada do Honda PCX 150 não traz nem freios ABS de fábrica, o PCX 125 europeu vai além. A novidade passa a contar com controle eletrônico de tração, chamado pela Honda de Selectable Torque Control. O sistema auxilia a roda de tração a não perder aderência em pisos mais escorregadios.

Honda PCX 125 2021
Detalhe do compartimento sob o assento do Honda PCX 125 2021
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!
Tags