Oficial: Royal Enfield deixa de oferecer motor 500 para Classic e Bullet

Sem atender novas regras de emissões na Índia, modelos serão descontinuados e Classic ganhou uma série de despedida
Royal Enfield Classic 500 Tribute Black

Royal Enfield Classic 500 Tribute Black | Imagem: Reprodução internet

No meio de janeiro, a imprensa indiana noticiou que o site da Royal Enfield naquele país havia deixado de aceitar novas encomendas para os modelos Classic e Bullet com o motor monocilíndrico de 499 cm³, vendido como 500. O motivo seria que esse propulsor já não atenderia às regras de emissões de poluentes mais exigentes que entrarão em vigor em 2020 no mercado indiano.

Agora, a marca anunciou oficialmente que não oferecerá mais tais modelos. Pelo menos não as equipadas com o motor 500, pois, na Índia, a dupla também é vendida com motor monocilíndrico 350, incluindo configurações ainda alimentadas por carburador.

Ainda não se tem notícias se a Royal Enfield deixará de oferecer Classic 500 e Bullet 500, que são vendidas no Brasil, para exportação. Para o mercado europeu, porém, a moto já ganhou até uma série especial de despedida para o propulsor que está em produção sem grandes alterações desde 2009.

Na Europa, a Classic Tribute Black terá uma produção limitada a 1.000 unidades. Ela traz pintura escurecida para boa parte dos cromados da Classic 500 original, incluindo escapamento, motor e aros de roda. Além disso, a pintura preta também contrasta com faixas douradas nas rodas, tanque e laterais.

 

Royal Enfield Classic 500 Tribute Black
Royal Enfield Classic 500 Tribute Black
Imagem: Reprodução internet

 

Assine a newsletter semanal do AUTOO!