Royal Enfield Scram 411 e Himalayan: quais as diferenças entre as 'irmãs' trail

MOTOO mostra direto de Portugal, em vídeo, o que muda na nova moto de média cilindrada. Veja comparação das fichas técnicas e fotos exclusivas
Royal Enfield Himalayan e Scram 411

Royal Enfield Himalayan e Scram 411 | Imagem: Rafael Miotto

A Royal Enfield Scram 411 é uma novidade mundial amplamente aguardada no Brasil. O modelo deve ser, inclusive, montado em Manaus por meio da nova parceria da marca indiana com a brasileira Dafra para a produção local de suas motos.

Enquanto aguardamos a chegada da moto por aqui, o MOTOO foi até a Expomoto, em Portugal, para mostrar as diferenças da Scram 411 e a Himalayan, modelo da qual utiliza a mesma base. Veja detalhes no vídeo:

VEJA TAMBÉM:

Visual de Scram e Himalayan

Não é necessário muito empenho para notar as diferenças visuais entre Scram 411 e Himalayan. Apesar de muito em comum estar lá, a Himalayan possui ar bem mais aventureiro, enquanto a Scram 411 tem pegada mais scrambler ou até lembrando motos de competição flat tracker.

Royal Enfield  Scram 411
Royal Enfield Scram 411
Imagem: Rafael Miotto

Sem a bolha dianteira, o farol da Scram está posicionado mais baixo do que na Himalayan, e conta com carenagem de metal ao seu redor. O famoso "bico" das trail também não está lá, restando o para-lama rente à roda dianteira.

Ao lado do tanque, ao invés do protetor tubular há uma carenagem sobresaliente, que dá um toque despojado para a Scram. As alterações continuam com o assento, que no caso da nova moto é inteiriço, ao passo que na Himalayan há uma divisão entre os níveis. Na traseira, a Scram é mais curtinha, sem o bagageiro visto na Himalayan.

VEJA TAMBÉM:

Royal Enfield  Scram 411
Royal Enfield Scram 411
Imagem: Rafael Miotto

Ergonomia e chassi

As rodas raiadas foram mantidas, mas na dianteira a Scram tem uma de 19 polegadas no lugar da aro 21, enquanto na traseira ambas contam com aro 17. O posicionamento do piloto na Scram é um pouco mais baixo. O guidão foi rebaixado, dando uma sensação de maior agilidade para as mudanças de direção, mas não ficou demasiadamente baixo, como pude comprovar no Expomoto. 

Painel da Royal Enfield 411 Scram
Painel da Royal Enfield 411 Scram
Imagem: Royal Enfield

Isso veio acompanhado de uma redução de 10 mm, passando de 200 mm para 190 mm. Na traseira, por sua vez, foi mantido o curso de 180 mm. A altura do assento da Scram é 5 mm menor, enquanto a distância em relação ao solo está 20 mm mais baixa (saiba mais detalhes na ficha técnica ao final da reportagem). 

O painel da Scram é menor e mais moderno, seguindo o modelo visto na Meteor 350. A Scram também utiliza o mesmo tanque de 15 litros da Himalayan.

VEJA TAMBÉM:

Royal Enfield  Scram 411
Royal Enfield Scram 411
Imagem: Rafael Miotto

Motor continua o mesmo

O motor segue o mesmo, com 411 cc, rendendo 24,3 cavalos a 6.500 e 32 Nm a 4.250 rpm em dados divulgados no exterior. No Brasil, a Himalayan rende 24,5 cavalos de potência, o que pode ser um pequena alteração em relação a homolação fora do país, visto que a Hiamalyan também aparece com 24,3 cavalos em outros mercados.

 

Royal Enfield Himalayan

Royal Enfield Scram 411

PREÇO  R$  15.790 Não definido no Brasil
MOTOR 1 cilindro, 411 cc 1 cilindro, 411 cc
ALIMENTAÇÃO Injeção eletrônica Injeção eletrônica
COMBUSTÍVEL Gasolina Gasolina
POTÊNCIA 24,5 cv a 6.500 rpm  24,3 cv a 6.500 rpm (no exterior) 
TORQUE 32 Nm a 4.250 rpm 32 Nm a 4.250 rpm
CONSUMO Não definido Não definido
DIÂMETRO x CURSO 78 mm x 86 mm 78 mm x 86 mm
CÂMBIO Manual de 5 marchas Manual de 5 marchas
COMPRIMENTO 2.190 mm 2.050 mm
LARGURA 840 mm 840 mm
ALTURA 1.370 mm 1.165 mm
ENTRE-EIXOS 1.465 mm 1.455 mm
DISTÂNCIA DO SOLO 220 mm 200 mm
ALTURA DO ASSENTO 800 mm 795 mm
PESO 199 kg 185 kg
TANQUE 15 litros 15 litros
FREIOS ABS ABS
FREIO DIANTEIRO Disco de 300 mm Disco de 300 mm
FREIO TRASEIRO Disco de 240 mm Disco de 240 mm
PNEU DIANTEIRO 90/90 - 21 100/90 - 19
PNEU TRASEIRO 120/90 -17 120/90 - 17
SUSPENSÃO DIANTEIRA Telescópica de 200 mm Telescópica de 190 mm
SUSPENSÃO TRASEIRA Mono Shock de 180 mm Monocross com link de 180 mm

Zontes, Honda ADV 350 e mais novidades que podem chegar ao Brasil