Segunda Harley ''chinesa'' pode sair do papel

Acordo da norte-americana com a Qianjiang dará origem a uma moto pequena. Porém, duas estariam no plano original
Teaser para a QJMotor SRV300

Teaser para a QJMotor SRV300 | Imagem: Divulgação

Em meio a um pesado processo de reestruturação, a Harley-Davidson está revisando toda a sua estratégia global. No Brasil, a marca perdeu uma de suas principais revendedoras e deve focar apenas nas motos mais caras da empresa. Na China, uma parceria com a Qianjiang dará origem à Harley-Davidson 338R, o que já era sabido. Porém, novidades naquele país mostram que o acordo original pode ter incluído duas motos.

Enquanto a 338R deve sair com um visual mais moderno, aparentemente Harley e Qianjiang teriam iniciado um projeto para uma segunda moto de linhas mais clássicas com o mesmo propulsor. A norte-americana, porém, não teria dado continuidade por conta da mudança em sua estratégia. A chinesa, por outro lado, levou a ideia adiante.

A Qianjiang divulgou um teaser com uma moto de linhas muito mais próximas de uma Harley-Davidson do que qualquer outro produto atual que fabrica na China. É possível ler apenas “QJMotor SRV300” na lateral. No entanto, o tanque em formato de gota e o banco mais baixo fazem da novidade praticamente uma “mini-Sportster”.

Pela nomenclatura, leva-se a crer que a nova SRV300 deverá contar com o mesmo propulsor da Harley-Davidson 338R. Enquanto os dados ainda não foram revelados, a versão da Qianjiang dessa moto já foi mostrada. Trata-se da QJMotor QJ350-13. Nela, o motor de dois cilindros paralelos com 353 cm³ entregará 36 cv de potência conforme os dados de registro do governo chinês anteciparam.

Detalhe do teaser para a QJMotor SRV300
Detalhe do teaser para a QJMotor SRV300
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!