Sem BMW e KTM, EICMA ainda vai acontecer

Salão Internacional de Motocicletas de Milão (ITA) é confirmado e ocorrerá no início de novembro deste ano
KTM 890 Duke R 2020

KTM 890 Duke R 2020 | Imagem: Divulgação

Depois de a BMW Motorrad ter confirmado que ficaria de fora de dois salões internacionais de motocicletas, o alemão Intermot e o italiano EICMA, a austríaca KTM anunciou que seguiria o mesmo caminho, cancelando também sua participação em ambos os eventos. Apesar disso, os organizadores do EICMA confirmaram que o salão ocorrerá mesmo sem a presença dessas duas grandes marcas.

Tanto a BMW quanto a KTM apontaram que a atual crise gerada pela expansão global do novo coronavírus estão levando ambas as empresas a repensarem seus custos e também a participação em grandes eventos programados para este ano. Além disso, também buscam formas alternativas para apresentar seus produtos.

Recentemente, a BMW apresentou a nova R 18, estradeira que deverá competir com motos da Harley-Davidson e da Indian Motorcylcles, por meio da internet, sem uma revelação presencial. Já a KTM emitiu um comunicado onde dizia esperar que os organizadores dos eventos os remarcassem para 2021, o que facilitaria a participação da marca austríaca.

Apesar das duas importantes baixas entre os presentes, os organizadores do EICMA afirmaram que o evento internacional de motocicletas italiano deverá ocorrer normalmente, abrindo suas portas ao público entre os dias 7 e 10 de novembro de 2020. Mesmo assim, em comunicado, os organizadores do Salão de Milão (ITA) confirmaram que estão buscando junto às associações de fabricantes e ao governo soluções para realizar o evento sem comprometer a saúde dos participantes.

BMW R 18
BMW R 18
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!