Na quinzena, Honda domina e Yamaha mantém participação

CG 160 permanece líder com mais que o dobro de vendas da segunda colocada. Yamaha tem quatro modelos no ranking
Honda CG 160 Fan

Honda CG 160 Fan | Imagem: Divulgação

Em agosto, o mercado de motocicletas registrou um aumento nas vendas de modelos novos, não só na comparação com julho, como também relação ao mesmo mês de 2019. Os dados da primeira quinzena de setembro fornecidos pela Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) já mostram que o fôlego do setor continua.

Líder do mês passado com quase 30.000 emplacamentos, a Honda CG 160 mostra desempenho similar nas duas primeiras semanas de setembro, com 14.220 unidades comercializadas. Isso representa mais que o dobro da segunda colocada, a Honda Biz, que registrou a venda de 7.089 unidades. A Honda Bros fechou o pódio com 5.897 unidades emplacadas no período.

Avaliação: Honda CG 160 Fan é a melhor opção da linha

Acima a atual Fazer 250 vendida no Brasil
Yamaha Fazer 250
Imagem: Divulgação

Enquanto tudo leva a crer que o mercado está em recuperação aos níveis de antes da pandemia, alguns padrões observados nos tempos atípicos estão se mantendo. Um deles é o fato de a Yamaha conseguir registrar quatro de seus modelos entre as 10 motos mais vendidas da quinzena de setembro. Antes, a marca costumava ver três de suas motos no ranking. O modelo mais vendido permanece sendo a Fazer 250, em sétimo lugar com 1.104 unidades.

Confira as 10 motos mais vendidas na primeira quinzena de setembro de 2020

1° Honda CG 160 - 14.220 unidades
2° Honda Biz - 7.089 unidades
3° Honda NXR 160 Bros - 5.897 unidades
4° Honda Pop 110i - 4.784 unidades
5° Honda CB 250F Twister - 1.179 unidades
6° Honda PCX 150 - 1.145 unidades
7° Yamaha Fazer 250 - 1.104 unidades
8° Yamaha YBR 150 Factor - 1.064 unidades
9° Yamaha XTZ 150 Crosser - 1.022 unidades
10° Yamaha XTZ 250 Lander - 673 unidades

Assine a newsletter semanal do AUTOO!