Suzuki revela a nova GSX-S1000 2021

Moto naked recebeu diversas mudanças visuais e melhorias técnicas. Confira as novidades
Suzuki GSX-S1000 2021

Suzuki GSX-S1000 2021 | Imagem: Divulgação

Como antecipado pela marca, a Suzuki apresentou nesta segunda-feira, 26, a nova GSX-S1000 2021, naked derivada da esportiva GSX-R1000. O modelo, da linha 2021, incorpora várias melhorias que vão além do visual reestilizado.

A nova GSX-S1000 passou a contar com iluminação em LED além de um desenho mais agressivo em seus elementos. Segundo a marca, “o visual de ‘streetfighter’ é aprimorado com coberturas de radiador texturizadas, winglets com decoração de MotoGP e painéis laterais que apresentam um design inspirado em camuflagem urbana”.

Para estar em conformidade com a legislação ambiental Euro 5, a motor conta com um motor de 4 cilindros com 152 cv a 11.000 giros cuja curva de torque é mais ampla e plana, o que permitiu uma distribuição de potência melhor em baixas e médias rotações.

As mudanças incluem um novo eixo de comando de admissão e escapamento, novas molas de válvula, nova embreagem e escapamento. Graças a isso, a moto oferece maior capacidade de controle e desempenho ao evitar que a roda traseira trave ou salte e fornece desaceleração mais suave, permitindo ao piloto reduzir a marcha com mais confiança e manter melhor controle ao reduzir para as curvas.

Veja a galeria de imagens da nova Suzuki GSX-S1000

Melhorias técnicas

A nova Naked da Suzuki teve sua eletrônica atualizada incluindo o Suzuki Intelligent Ride System (SIRS), um novo acelerador ‘ride-by-wire’ e o novo sistema Suzuki Drive Mode Selector (SDMS), que permite ao piloto escolher três mapeamentos do motor, dependendo das condições de pilotagem.

O sistema de controle de tração possui cinco modos, mas pode ser desativado. As trocas de marchas são feitas de forma mais rápida, sem necessidade de acionamento da embreagem ou reduzir o acelerador, por exemplo.

Suzuki GSX-S1000 2021
Suzuki GSX-S1000 2021
Imagem: Divulgação

O chassi da GSX-S1000 2021 é de alumínio duplo com braço oscilante derivado da GSX-R. A suspensão da motocicleta possui garfos dianteiros KYB totalmente ajustáveis ​​e um amortecedor traseiro ajustável de pré-carga e amortecimento enquanto os discos de freio de 310 mm possuem pinças Brembo na parte frontal.

A GSX-S100 conta com tanque de combustível de 19 litros e guidão novo e mais largo. O consumo de 19,7 km/l permite uma autonomia de mais de 310 km, que podem ser percorridos com mais conforto graças ao novo assento, diz a marca.

A nova Suzuki GSX-S1000 será vendida na Europa a partir do final de junho. No Reino Unido, a nova moto tem preço inicial de 10.999 libras, ou quase R$ 84.000 numa conversão direta.

A Suzuki brasileira divulgou o teaser da nova naked no começo do mês, portanto, a GSX-S1000 será atualizada em nosso mercado, restando saber quando isso ocorrerá. Fique ligado no MOTOO para saber mais detalhes.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!

Tudo sobre a Suzuki GSX-S1000

Suzuki GSX-S1000