Yamaha também prorroga retorno da produção

Unidade produtiva da marca na capital amazonense terá fabricação suspensa por mais tempo que o anunciado
Yamaha

Yamaha | Imagem: Divulgação

A Yamaha anunciou a prorrogação da suspensão nas atividades de sua fábrica em Manaus, capital amazonense. A unidade produtiva está paralisada desde 24 de março. Originalmente, a previsão de retorno às atividades era 19 de abril. Recentemente, a Honda também anunciou que postergaria o retorno das atividades de sua fábrica manauara.

Em comunicado, a Yamaha informou que “em atendimento às medidas de isolamento social em todo o País, em virtude da pandemia da Covid-19, a Yamaha Motor da Amazônia prorrogará o período de suspensão de suas atividades até o dia 29 de abril, regressando no dia 30 de abril”.

No entanto, ainda é possível que tais datas para o retorno sejam alteradas novamente, sendo que o estado do Amazonas começou a sofrer as consequências do novo coronavírus um pouco depois dos demais estados brasileiros. Entre as montadoras de automóveis, a Toyota já avisou que tomará atividades apenas em junho, enquanto a General Motors aumentou o período de paralisação por mais 60 dias

Acima o Yamaha XMax revelado ao público brasileiro no Salão Duas Rodas 2019
Acima o Yamaha XMax revelado ao público brasileiro no Salão Duas Rodas 2019
Imagem: Thiago Moreno

Assine a newsletter semanal do AUTOO!