Scooters de 125 cc disparam nas vendas em 2022

Modelos já se aproximam dos emplacamentos de scooters entre 150 cc e 160 cc
Honda Elite 125 2022

Honda Elite 125 2022 | Imagem: Divulgação

As scooters de 125 cc têm surpreendido pelo crescente número de emplacamentos em 2022. Levantamento exclusivo de MOTOO mostra que em maio elas já se aproximavam do total de vendas dos modelos de 150 a 160 cc, tradicionalmente mais procurados.

Na soma dos primeiros cinco meses deste ano, a scooters de entrada já haviam atingido pouco mais de 19 mil unidades vendidas enquanto as motos dessa categoria com motores entre 150 e 160 cc possuíam 33,5 mil emplacamentos.

Mas enquanto os modelos maiores estão estagnados nas vendas, as scooters menores experimentam um crescimento brutal: se em fevereiro foram menos de 2 mil emplacamentos, no mês passado elas tiveram mais de 5 mil unidades vendidas, bem próximo do volume das irmãs mais potentes (quase 6 mil unidades).

O bom desempenho se explica sobretudo por dois modelos, a Elite 125, da Honda, e a estreante Fluo 125, da Yamaha. Enquanto a primeira é a vice-líder do segmento com um todo, a nova scooter da Yamaha teve uma chegada marcante, com 1.500 unidades emplacadas em maio.

Emplacamentos das principais scooters do mercardo brasileiro em 2022
Emplacamentos das principais scooters do mercardo brasileiro em 2022
Imagem: MOTOO

Vale dizer que até a Neo 125 está sendo bastante procurada, mesmo com a concorrência caseira.

No “andar de cima”, o que se vê uma inversão de papéis. Enquanto a NMAX começou bem o ano e passou a ter emplacamentos modestos, a PCX, líder geral, se recuperou e mantém um patamar acima de 3 mil unidades mensais.

Quando se fala em preços e a necessidade do consumidor de contar com veículos eficientes, as pequenas scooters parecem falar alto. Enquanto uma PCX começa em quase R$ 15 mil e uma NMAX não sai por menos de R$ 18 mil, as pequenas scooters podem ser adquiridas a partir de R$ 11,2 mil ou R$ 13,8 mil equipada com ABC (Fluo).

Práticas e ideias para o uso urbano, essas motos podem ter iniciado uma nova fase no mercado brasileiro. Espera-se que possam atrair ainda mais concorrentes ao segmento.

Yamaha Fluo 125 ABS
Yamaha Fluo 125 ABS
Imagem: Yamaha