Shineray aposta em bike elétrica com cara de moto customizada para desafiar Mobylette

Novas imagens revelam detalhes da E-Bike chinesa, que conta com guidão alto e imitação de tanque de moto
Shineray E-Bike 2022

Shineray E-Bike 2022 | Imagem: Shineray

O retorno da Caloi Mobylette mexeu com a nostalgia na cabeça de muita gente. Quem viveu nos anos 80 e 90 deve lembrar desse veículo peculiar, com motor e pedal, que acabou caindo em desuso. Com o clássico revivido, mas agora 100% elétrico, esse tipo de bicicleta estilosa com acelerador pode estar se tornando uma nova tendência.

Como mostramos aqui, a Shineray apresentou recentemente a E-Bike, que surge como a principal rival da Mobylette. Enquanto a Caloi foi para uma linha mais tradicional, lembrando o seu antigo modelo, a marca chinesa decidiu criar um modelo que lembra uma moto customizada. Desde quando a novidade foi revelada em meados de maio, ainda não haviam muitas imagens do modelo.

VEJA TAMBÉM:

Shineray E-Bike
Shineray E-Bike
Imagem: Shineray

Agora, o MOTOO obteve fotos que mostram os detalhes da bicicleta elétrica. O modelo tem um guidão alto, similar ao de motos personalizadas; além disso, há uma simulação de "tanque de moto" onde está a bateria, e o botão liga-desliga da E-Bike. O pneu bem robusto é da marca Kender, e a bike conta com freio dianteiro a disco, luz frontal e LED.

Na traseira, há um bagageiro onde é possível amarrar itens - a capacidade máxima de carga é de 130 kg. A E-Bike chega a 45 km/h e possui autonomia estimada de 35 km por carga da bateria. Seu motor é de 350 watts, com bateria de 48v e 10Ah. O modelo conta com o chamado "pedal inteligente" que auxilia o condutor com a força do motor elétrico, deixando as pedaladas mais levinhas. Mas agora descobrimos que a Shineray E-Bike conta também com acelerador, do mesmo modo que a Mobylette. 

Shineray E-Bike
Shineray E-Bike
Imagem: Shineray

VEJA TAMBÉM:

Precisa de CNH e emplacamento

Apesar de ter a estrutura similar a uma bicicleta e os pedais, a E-bike é equiparada a um ciclomotor por conta de suas especificações, do mesmo modo que acontece com a Mobylette. Desse modo, é necessário emplacamento do veículo e CNH do tipo A (motos) ou ACC (ciclomototes) para conduzi-la. 

Shineray E-Bike
Shineray E-Bike
Imagem: Shineray

MAIS DO MUNDO MOTO

MOTOO explica diferenças entre Royal Enfield Scram 411 e Himalayan